domingo, 13 de setembro de 2009

Dirty Little Secret

Tenho uma proposta para vocês!
Visto que estamos todos com muitas saudades uns dos outros, e alguns de nós andam com o astral mais em baixo, parece-me que esta é uma forma interessante e divertida de nos sentirmos mais próximos e de partilharmos algumas frustrações, afinal os amigos servem para isso!
Dizem vocês "ok, passou-se", e passei-me mesmo, e que quero que nos passemos todos e partilhemos "sujos e pequeninos segredos"... Tal como na música, o objectivo é partilhar estas pequenas inconfidências, que não têm de ser nada de especial (não queremos saber de nada que só o vosso FBI é que sabe), mas que também têm de ter alguma novidade para o grupo...
Ora então, nos comments usem a sigla "DLS", antes de escreverem cada um dos vossos dirty little secrets...

Ah, ouçam a música:




Não consigo postar o clip oficial, mas vejam aqui para se inspirarem hehehe - http://www.youtube.com/watch?v=4ikv7TI87io&feature=fvst

19 comentários:

elsies disse...

Ora aqui vai, para começar:

DLS - não suporto uma pessoa de quem finjo gostar... e gosto de uma pessoa que finjo não suportar...

DLS - um clássico, já fugi da escola a meio de uma aula, por se estarem a rir de mim

DLS - disse que estava apaixonada e não estava...

DLS - embora tenha dito a todos que não, votei no Santana Lopes, nas últimas eleições! hahaha

DLS - as pessoas incrivelmente e estupidamente sortudas fazem-me alguma comichão... algumas delas são minhas amigas...

DLS - já fingi ser amiga de uma pessoa que considero (e já considerava na altura) um autêntico paspalho...ah, e usei essa pessoa para me manter entretida...

E pronto, só p'ra começar...
agora vocês, força!

Silverboy disse...

OMG Elsa, muito bom!Curiosamente os mais dirty parecem-me ser... ahm quase todos!

Agora eu, deixa lá ver...

DLS (que me faz lembrar droga) - Esta contei-a no outro dia pela primeira vez: Numa residência, já pedi uma chave de um quarto que não era o meu,propositadamente, para ir dormir na cama de uma pessoa que não conhecia (levei os meus lençois e almofada, para que conste), pois no meu quarto não me deixavam dormir. No dia seguinte entreguei as duas chaves dos quartos com uma cara de santo.

DLS - Já falsifiquei uma assinatura com paquel químico dos totolotos.

DLS - Já roubei um copo para vela num pub alemão pois achava que a minha vida não seria a mesma sem aquela obra de arte. Hoje em dia o copo está para ali a ganhar pó.

DLS - O mesmo se passou com uma vareta de vidro e um "vidro de relógio" dos laboratórios de TLB. (Ao menos nunca parti lâminas e lamelas na palma da mão de propósito como muitos faziam)

DLS - Já fingi que não tenho memória de elefante para não dizer à pessoa que já me tinha contado aquela história pelo menos 3 vezes

DLS - Já fiz cábulas de 1 metro num cachecol, em folhas de acetato, em lenços de papel

DLS - Já espreitei(amos) o balneário das raparigas pelo buraco que havia num dos chuveiros

DLS - Já torturei um peixe deixando-o morrer à fome como castigo por ele ter atacado outro. Ainda hoje me sinto culpado e penso que algumas das coisas más que me acontecem é vingança dele (do peixe, não do "Paulo Pires")

DLS - Já corrigi as respostas de um teste de escolha múltima depois de o ter entregue. Também já troquei uma folha de exame em branco por outra com as respostas todas já escritas de casa, mas isso não é DLS é DCG - De conhecimento geral lol

DLS - Já desisti de avançar para uma relação por ter medo de estragar o que tinha. Mais do que uma vez.

Já chega porra! Mái lhógo tá aí a minha vida toda. Mostrem lá os vossos podres!

Carolina disse...

opah adorei esta iniciativa! bota meter os meus DLS!

DLS: Sinto-me uma frustrada de ter sido a última de nós a licenciar-se.

DLS: Sinto-me muita vezes uma pessoa ignorante e gozada

DLS: Estou apavorada se tiver de ficar em Manteigas a viver com os meus pais.

DLS: Fui eu que fiz "ziguezague" a uma agulha de coser numa aula de EV no 8º ano e pus a culpa em outra pessoa.

DLS: Gostava que muita boa gente se F*** (peço desculpa pela expressão) só pelo facto de me fazerem de parva e eu sei que há.

Humm... se me lembrar de mais aponto por aqui

C'D' disse...

Ora bem para começar DLS faz-me lembrar GLS: Gays, lésbicas e simpatizantes lol

Mas pronto, deixa cá ver:

DLS: não votei no Santana Lopes porque não era recenseada na altura mas também gostava dele lol

DLS: já copiei em frequências

DLS: considero que nunca tive fisico-química na preparatória, porque eu e a minha turma roubávamos os testes ao professor. Faziamos sempre a mesma cena: uma pessoa sentia-se mal, o professor ia buscar um copo de água e entretanto iamos à mala do professor roubar os testes... Outras vezes não era preciso porque ele fazia os mesmos testes há cinco anos.

DLS: E pensei: é bem-feita, para não ter a mania que é esperto!

DLS: já me mijei toda à porta de casa com a chave na fechadura...

DLS: já roubei em lojas, quando era mais nova era uma desavergonhada, mesmo tendo dinheiro achava que aquilo não merecia o meu dinheiro e pronto...

DLS: já fui uma querida quando na verdade queria dizer: vai-te f***r!

DLS: às vezes penso que sou muito materialista.

DLS: já desejei ter um corpo de sonho...

DLS: já me odiei por ser gorda...já fui gozada, etc.

DLS: já tive inveja de muita sorte que muita gente tem.

DLS: já fui teimosa, mesmo por teimosia lol

DLS: já levei com o cinto do meu pai por ter ido para a Feira Popular e só aparecer à meia-noite em casa, com 12 anos! Mas a história foi que na altura não tinha telemóvel, estava com amigos na Feira Popular, liguei ao meu pai de uma cabine telefónica a perguntar se podia lá jantar com eles ao que ele me respondeu "faz o que tu quiseres" e eu fiz!

DLS: tento esquecer certas bebedeiras que apanhei e de que não me orgulho

DLS: já beijei gajas, maldita adolescência!

DLS: já disse que tinha sentimentos por uma pessoa com medo de ficar sozinha.

DLS: não tenho paciência para crianças, talvez por isso não a tenha também para homens! É parecido :P lol

DLS: já fiz coisas ilegais: sexo em público, consumir drogas...

DLS: faço parte da percentagem de mulheres que já fingiu um orgasmo.


E realmente tenho muitos DLS...! Credo :/

C'D' disse...

Epa David, essa da residência é brutal! :| LOL

jonesforever disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jonesforever disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jonesforever disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jonesforever disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jonesforever disse...

Pronto, Elsa, como foste tu a fazeres o convite e eu estou em dívida por não vir cá há algum tempo (não que não queira, mas sim por falta de possibilidade), até vou recomeçar os meus comentários com esta ideia tão original!

DLS-tal como o David, levei "emprestado" material do laboratório, uns tubos de ensaio, pois pensava que eles tinham lá muitos e não se importavam que ficasse com uns de colecção;

DLS-tal como aconteceu com os tubos de ensaio também aconteceu com os gizes (na altura que ainda não se existiam os marcadores), à conta disto, tenho uma colecção em casa de várias cores e tamanhos... gizes claro;

DLS-eu e um colega meu incendiarmos um armário para ver se os pedaços de papel que estavam lá dentro ardiam, parece que arderam, o pior é que era em plena aula de matemática e fizemos uma visita ao directivo;

DLS-descer a um esgoto da escola que o meu grupo da altura ajudou a abrir, nunca um banho soube tão bem:

DLS-o mesmo grupo de suspeitos do costume, comigo lá no meio, "raptamos" um extintor de uma casa de banho e metemo-lo a funcionar cá fora, quando demos por nós, parecia que estavamos com nevoeiro a volta;

DLS-ter vomitado uma casa de banho de um amigo meu, eu sei que não parece grande coisa, mas visto que eu nem sou muito dessas coisas de andar a deitar tudo cá pra fora e foram duas vezes seguidas, na mesma casa de banho, pensei que fosse relevante, já para não falar que me esqueci de baixar a cabeça na altura, ou seja, a velocidade da trajectória do vomito, em conjunto com os vários caminhos que tomou, digamos que a sanita foi para onde menos vomitei;

DLS-deixar que uma amiga minha me tivesse convencido a trazer o parceiro para fazerem sexo em minha casa, na cama da minha avó, durante um fim-de-semana inteiro, quando a minha avó me avisou que não queria ninguém cá em casa, só vos digo, o quarto ficou de pantanas e a cama da minha avó nunca mais foi a mesma, pobres molas, ah sim, ainda tiveram que se queixar que a cama fazia muito barulho (isto porque a minha avó é religiosa e tinha os santos presos a cama) e que o colchão deu-lhes cabo dos joelhos;

DLS-talvez a pior de todas, sentir que falho com as pessoas que mais gosto neste mundo, sinto-me abaixo de cão e a pensar tanto no assunto, que parece que não consigo pensar em mais nada, por vezes, até me dizem que está tudo bem e eu continuo a tentar perceber se é mesmo verdade, até ter a certeza absoluta disso, porque as ligações que são importantes não as quero perder por causa de estupidezes!

Penso que estas devem ser as que estão no meu top 15, se houver mais e o mais provável é que haja, eu comunico, espero que esteja tudo bem com a Irmandade Kroc!

P.S.-desculpem os vários comentários apagados, a várias horas, foram as minhas tentativas para meter este comentário que, finalmente saiu bem, a minha internet anda pior que o dono!

Vipy disse...

DLS concordo com o David faz-me lembrar droga, que mentes estas :P

Hum....

DLS- tenho medo de não conseguir alcançar os meus sonhos.

DLS- todos os dias penso: "É hoje que vou começar a minha dieta à seria"!

DLS- já arranjei mil e uma desculpas para não ir ter com uma pessoa porque já sei como vai terminar o encontro.

DLS- já estive com um rapaz, mesmo sabendo que ele estava comigo porque a minha melhor amiga lhe disse que a seguir curtia com ele. (Isto no 7ºano) Oh meu Deus

DLS- já fingi uma bebedeira para não ter de aturar todos os restantes bebedos à minha volta!

DLS- já fui simpática para pessoas enquanto na realidade só pensava "fdx desaparece"!

DLS- por falar em desaparecer era tudo o que eu mais queria quando era pequena, devido aos conflitos que tinha com a minha irmã!

DLS- quando andava na primária empurrei um colega meu de uma cena alta, porque ele me pediu, mesmo sabendo que a coisa podia correr mal. Conclusão: ele tem uma cicatriz em cima do olho.

DLS- irritam-me pessoas estúpidas que são mais bem sucedidas na vida que eu.

DLS- tenho imenso medo do dia em que algum dos meus avós morra.

DLS- fiz coisas no passado das quais me arrependo e arrependo-me de não ter feito outras.

E pronto são alguns DLS os DBS (Dirty Big Secrets) continuam guardadinhos :P

elsies disse...

Agora lembrei-me também de contar uns desses de criança, e não só...

DLS - já roubei pastilhas elásticas da quermesse da igreja (shame on me);

DLS - disse à minha mãe que ia almoçar com umas amigas e fui apanhar um autocarro para fora da cidade;

DLS - uma noite disse à minha mãe que ia para casa de uma colega, mas fui para o azibo (praia fluvial) apanhar uma bebedeira...

DLS - já fumei coisas ilegais, acompanhada e sozinha...

DLS - já fumei um charuto vestida com um pijaminha com anjinhos (hahaha)

DLS - por falar em charutos, um dos meus "sonhos" é jogar poker com whisky e charutos, como nos filmes! (esta também não é segredo)

DLS - gostava de me casar em las vegas! (tenho que deixar de ver filmes)

Hei-de me lembrar de mais destas...

DLS - também me arrependo de coisas que não fiz, mas principalmente de coisas que não disse...

DLS - (ah!) uma das piores coisas que me podem fazer é imitarem-me, seja no que for...

DLS - a maior parte do tempo acho-me uma pessoa fria e insensível, embora os outros me digam o contrário, penso que só estão a ser simpáticos...

DLS - acho que nunca estive realmente apaixonada por ninguém, e por isso, temo nunca vir a estar...


That's enough... vamos manter algumas coisas no mistério :D

Selene disse...

AHAH! Boa Elsa ;) Por acaso DLS também me faz lembrar droga lol

Ora bem:

DLS – Quando andava na primária costumava ficar num café até os meus pais voltarem do trabalho e ia muitas vezes roubar pastilhas e rebuçados (parece que isto é mal geral xD)

DLS – Nessa altura fui assediada por um homem que costumava ir ao café. A minha mãe soube, o meu pai não. Claro que na altura não percebi bem o que se passou, mas mais tarde fiquei feliz quando ele morreu…

DLS – Como devem ter reparado pelo DLS acima, sou rancorosa e vingativa.

DLS – Tal como acontece com a maioria de vocês, irritam-me profundamente aquelas pessoas que conseguem subir na vida sem uma ponta de esforço/talento. Principalmente as chamadas “gajas boas” (chamem-lhe inveja, mas dá-me mesmo a volta ao estômago).

DLS (não sei se isto conta, já que deve ser de conhecimento geral) – sou tão insegura que até me irrito a mim própria.

DLS - Vou votar no Bloco de Esquerda nas próximas eleições simplesmente porque acho imensa piada ao ar de intelectual mocado do Francisco Louçã... Vá, pronto, também gosto de ouvir o homem falar. E gosto de ajudar os mais pequenos.

DLS – Nunca me perdooei por ter discutido com a minha prima no dia do funeral da mãe dela.

DLS – Por muito que ria e goste de brincar sobre o assunto, às vezes fico magoada quando gozam com a minha surdez, mas tento sempre sorrir e fingir que não me afecta.

DLS – Comecei a fumar aos 12 anos, primeiro porque me obrigaram a dar umas passas e depois porque queria fazer parte da “malta fixe”.

DLS – Quando andava no ciclo costumava baldar-me às aulas e ir para um bar perto da escola fumar e beber cerveja ao som de papa roach e limp bizkit (eles rulavam =P). Um dia o meu pai descobriu, foi ao bar, fez um escândalo e ameaçou o dono de que fazia queixa à polícia se voltasse a saber que eu ia lá. A partir desse dia, nunca mais lá entrou ninguém com menos de 16 anos. Os meus colegas nunca souberam que a culpa tinha sido minha.

DLS – Muitas vezes olho para trás e penso: “dass, eu era muita estúpida” e arrependo-me de não me ter imposto e ter deixado que fizessem de mim gato sapato.

DLS – às vezes finjo estar muito interessada numa conversa e a sorrir quando na verdade estou completamente a cagar para o que a pessoa está a dizer.

DLS (talvez o maior de todos) – tenho medo (ou melhor, pânico) de conseguir arranjar emprego como jornalista e dizerem-me que não valho nada. Se calhar é por isso que ainda não me esforcei verdadeiramente para arranjar emprego na nossa área e continuo a esconder-me atrás da desculpa de que o meu certificado ainda não chegou… e cada vez mais duvido que a minha nota do atelier tenha sido merecida.

E pronto... já chega. Até já falei demais lol

Dreama disse...

Agora é a minha vez... Vou tentar não me esquecer de nada

DLS - Não sou feliz com a vida que tenho (apesar de saber que até estou bem)

DLS - Sou tão insegura que chego a pensar que as pessoas não gostam de mim só são simpáticas comigo

DLS - Na verdade não sei quantos namorados tive ao longo da vida

DLS - d+Depois de ter editado o meu livro, senti-me a pessoa mais vazia do mundo, e fingi estar super feliz

DLS - Fiquei devastada que ninguém na Irmandade tivesse ido ao meu lançamento, mas compreendi os motivos que cada um apresentou

DLS - Finjo muitas vezes ter a vida perfeita

DLS - Sinceramente, não sei bem do que gosto, acho que me obrigo a gostar das pessoas

DLS - Magoo sempre quem mais gosto, e quanto mais tento evitá-lo mais depressa o faço

DLS - Sou uma lástima a manter contacto à distância

DLS - Considero-me uma pessoa triste!

DLS - Em pequena roubava pastilhas Gorila da mercearia!

DLS - Já fiz o amor em locais públicos

DLS - Tenho medo que alguém me diga na cara que o meu livro é uma merda!

DLS - Na minha última apresentação um senhor (que não conhecia de lado nenhum) elogiou-me muito e eu pensei "está a ser simpático não é assim tão bom"

DLS - Sou a pessoa mais ciumenta que possam imaginar, às vezes até tenho ciúmes dos meus amigos...

DLS - Sou mesmo muito insegura

DLS - Recentemente chorei no meu local de trabalho, porque berraram comigo por uma coisa que eu não tinha culpa

DLS - O meu próximo romance tem factos reais!

DLS - Quando me enervo digo coisas que não são verdade, tanto que a coisa que mais me arrependo até hoje foi ter dito à minha mãe que a odiava!

DLS - Sou uma menina dos papás a 100%!

DLS - Choro em quase todos os filmes que vejo...

DLS (mas devia ser DLSCV com Conhecimento da Vânia) - Já mijei entre dois caixotes do lixo

DLS - Acho-me uma pessoa sem conteúdo

DLS - Já greguei à porta de uma casa de família!

DLS - Já tive bastantes complexos com as minhas mamas

DLS - Tenho saudades de pessoas com quem não falo há muito tempo e não tenho coragem para admitir, porque tenho medo que me rejeitem por erros do passado!

DLS - No fundo não sei quem sou!

DLS - Na realidade não ouvi a música, porque não tenho colunas, nem fones...

Acho que é tudo, a seguir podem-me dizer que sou triste e ingrata! E que sou uma seca! Acho que sóbria sou uma seca, e bêbeda sou uma chata!

Vania disse...

Oh Guida entre 2 caixotes do lixo ou entre quase todos os caixotes do lixoa até chegar à BeCool?
Ok eu cálo-me!

Esqueci-me de um DLS, já passei o resto de uma noite fantástica sentada perdida de bebeda numa sanita da casa de banho da BeCool :s Ah e com a mão estendida porque a porta não fechava.
(Shame on me)

Claudine disse...

DLS - cortei o meu cabelo pequenino pq tou a ficar sem ele... :(

DLS- tou grávida..














ahhhhh tava a gozar!!! LOOOOL xD

Vania disse...

Tavas a gozar? Não cortas-te e cabelo??? :P

GiSeLa disse...

Oh Elsie gostei desta ideia...Hehe
Ora bem chegou a minha vez das DLS... Vamos lá ver!

DLS-Por vezes detesto de ser uma pessoa tão correcta e de quer ter sempre tudo tão organizadinho(pois acabo sempre por me lixar, pois vivemos numa sociedade totalmente contrária a esta minha mania!)

DLS-Tal como a Vânia, já tive ma fase traumatizante com a minha mana em que só pensava fugir de casa, mas felizmente hoje não nos vemos uma sem a outra! hihi

DLS-O meu maior receio é nunca conseguir arranjar um emprego na nossa área!

DLS-Já fiz cábulas inúmeras vezes, mas nem sempre as consegui usar com receio de ser apanhada!LOL

DLS-Detesto saber que tenho razão em alguma coisa e as pessoas continuarem a insistir que não, mesmo sabendo que a tenho, só pra me contrariar e enervar!

DLS-Não consigo suportar que os meus pais se andem sempre a zangar um com o outro, porque acabo sempre por pensar que a culpa é minha (traumas de infância :( )

DLS-Já me deixei manipular! OMG

DLS-Quando era pequena, eu mais o meu primo dedicavamo-nos a roubar borrachas num mini-mercado (sim porque achavamos que de entre tanto material escolar só precisavamos de borrachas para nos sentirmos felizes!LOL)

DLS-Já fui bastante materialista (felizmente que o fazia com o dinheiro que juntava! mas axo que toda a gente passa por uma fase destas!)

DLS-Detesto aquelas pessoas que se fazem de amiguinhas mas na verdade por trás andam sempre a falar com tanta inveja que têm! (A minha familia é uma animação! Tenho um tio que cada vez que me vê primeira coisa que me pergunta é se já acabei o mestrado e se tenho quem me meta uma "cunha" pra trabalhar no banco com a minha irmã! Como se a minha mana lá tivesse com a "cunha" de alguém! Enfim!)

DLS-Já fui gozada na escola por ser a única miúda com 12 anos a ter mamas grandes! (Por isso é que me chamavam Pamela Anderson! Bah!)

DLS-Já roubei pins que vinham com t-shirts só porque os achava giros...LOL (Né Claudia?! Hihi)

DLS-Já me arrenpendi de ter feito muita coisa e de ser tão parva/ estúpida em acreditar em certas pessoas!

DLS-Sou uma pessoas muito muito insegura!

DLS-Quando era pequena experimentei, com o meu primo, comer tijolo! (Epa acreditem que até é bom! ;) LOOL)Sim porque o meu primo achava que se comessemos tijolo ficavamos da cor dele...OMG!

DLS-Desejo, assim muito muito, conseguir um dia trabalhar na SIC e ser reconhecida como uma boa profissional! (Opa sonhar não custa!)


Por agora só me lembro destas DLS, mas se me lembrar de mais, logo digo ;)

Silverboy disse...

Ontem tive um sonho tão estúpido que me lembrei logo que era ideal para este post. Então cá vai:

DLS: Sonhei que uma colega minha dos tempos de jardim de infância/primária/básico/secundário que era uma rata de biblioteca que sempre me irritou profundamente tinha morrido com uma overdose e fiquei contente. Pior, fiquei decepcionado quando descobri que tinha sido só um sonho... Oh God, que não tenho salvação!