terça-feira, 8 de setembro de 2009

Desabafo

Olá a todos!
Escrevo-vos este post não para dizer que estou feliz, não para dizer que a minha vida está fantástica, não para dizer que encontrei o emprego da minha vida...

Escrevo-vos porque hoje o que me impede de chorar, são as nossas memórias, as nossas peripécias de quando ainda não sabiamos o futuro e sonhavamos em realizar os nossos sonhos...
Agora que cheguei "ao mundo dos adultos" a pensar que estava fantásticamente bem, num sítio onde as pessoas também aparvalham e quase quase que temos pergunta do dia, percebi que ainda sou uma criança não tenho estômago para trabalhar com os "meninos grandes", não tenho feitio para ouvir e calar, nem tripas para ignorar um berro...
Agora que me sinto ainda mais pequena que o meu metro e cinquenta e seis, desejo voltar a ser caloira, desejo voltar à Covilhã, desejo estar no meu quarto da República das Bananas e ver a Telma entrar por lá a dentro e dizer "tu precisas é de uma bebedeira", ouvir o Carlos a chamar-me "quase parva", ouvir a Elsa a aparvalhar com o Davideo ou até uma piada seca do Ricardo, ver a Vânia e a Carla a virem ter connosco com uma garrafa de Vodka na mala e termos a Cláudia e a Ema já no Rocket à nossa espera e depois dançar um Reggeton com a Gi no Space... Quero tropeçar nas escadas do Rocket a gritar por uma tequilla e uma goma, e queixar-em dos trabalhos que temos...
É a estas lembranças que eu me agarro quando vejo que o "mundo dos grandes" é duro, e é difícil ser-se Guida e Margarida ao mesmo tempo! A Guida não pensava... A Margarida chega a casa sem capacidade para pensar por mais 10 minutos... Ambas não pensam, mas por razões diferentes!
Quero voltar a cantar Britney Spears e Anjos naquela varanda! Quero voltar a ser eu! esta pessoa que vejo agora não sou eu...
P.S. Já nem ao Pandora me aptece ir...

9 comentários:

Claudine disse...

agora ja sabes o q é ouvir um berro e ter q calar :s eu bem sei o que é isso quase todos os dias!!
mas bem, sao memorias boas q vamos trazer para sempre connosco..o q é bom n pode durar pra sempre mas cabe nos a nós tornar o q foi bom ainda mlhor pensando assim em engendrar outros planos todos juntos :D
era caso para pensarmos bem nisso!!eheh :p
beijinhos***

Lucie disse...

O mundo dos adultos é confuso, mesmo... e tem o estranho poder de nos fazer sentir insignificantes, e tem a estranha magia de nos fazer valorizar os momentos que tivemos... e dói, como dói, crescer!!
Sei exactamente o que sentes, também eu passei por isso, também eu me senti pequena do alto dos meus 1,75... mas sobrevivi...
Daqui para diante tens que pensar que "o que não me mata, torna-me mais forte"... muitas vão ser as vezes em que vais fraquejar, aquelas em que tens uma vontade enorme de chorar, de gritar, de desaparecer no mundo para voltares àquele passado que tão importante foi para ti... mas, sabes, isso, faz parte de ti, do teu percurso, do teu caminho, e, agora, mais que nunca, recorda as palavras do nosso Pessoa... "Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo…"


:)


(Eu estou a "crescer" à coisa de 4 anos - só de pensar até fico deprimida - e embora não tenha tido a sorte de ter uns tempos da faculdade como os vossos, consigo sentir um aperto no estômago quando recordo esses dias)

Silverboy disse...

às vezes faz bem desabafar. o blog não é só para contar as coisas boas.´eu gosto de saber como vocês estão, independentemente de ser bem ou mal. A isso chama-se viver. Boa sorte!

Vania disse...

Espero que consigas contornar isso, porque o que idealizamos de bom nunca o é sem passar por alguns obstáculos. Somos novos e a realidade é essa, até alcançar o patamar que queremos somos espizenhados por aqueles que se consideram maiores que nós. Acontece aí e em todo o lado, mas acredita que aos poucos cresces e consegues não só lidar com a situação de outra forma como ganhar mais respeito.
Força!

C'D' disse...

Pois é, bem-vinda ao mundo real. Um mundo em que há sempre pessoas com a mania da superioridade, onde há competição em tudo, onde fazem tudo para pôr à prova as capacidades de cada um. E é esta última característica que tens que levar a avante. Prova que sabes, que consegues, que tens as capacidades de lutar pelo que queres e pelo que gostas. Luta e vai atrás é o que tenho aprendido neste último ano... E sorte, é também preciso ter um anjinho da guarda principalmente na nossa área...

Força e Boa Sorte =)

GiSeLa disse...

Com força e vontade tudo se consegue e tenho a certeza que mais cedo ou mais tarde vais conseguir ultrapassar isto!
Vai em frente sempre de cabeça erguida!

Boa sorte Margarida Alexandra :P:P


Beijos*

Ema Carolina disse...

sabes que nós que passamos pela universidade adquirimos aquela "capacidade" de fazermos tudo o que podemos e bem nos apetece, se não nos apetecesse ir as aulas não iamos, se nos apetecesse ir para a noite e ficar até de manhã faziamos... mas agora as responsabilidades são outras, nenhum de nós está habituado a ter "regras" e a ter que odecer a outros sem ser os nossos pais...
só apetece cantar "quero ficar sempre estudante" mas todos nós sabemos que chegou a altura de crescer mais um bocado, que as consequências dos nossos actos são piores do que quando simplesmente nos embebedavamos e no dia seguinte era uma ressaca.
assim como quando fomos do secundário para a universidade deixamos de ser "pitas" agora vamos da universidade para o mundo do trabalho deixamos de ser jovens para nos tornarmos adultos... faz parte do crescimento... agora é preciso é ter força! continuares a ser a guida para os amigos e ser a margarida quando toca a trabalhar, assim só precisas de te transformar durante as horas de trabalho ;P

elsies disse...

É engraçado... muitas vezes também já pensei como me sinto uma criança perdida no mundo dos adultos...
Mas há dias e dias! Vai haver sempre pequenos momentos em que podemos soltar a criança em nós, a pessoa que sorri quando ouve o "as long as you love me" dos backstreet boys, e se lembra quando estava a cantar essa canção, na varanda da República com os amigos...essa é a mesma!
Acho que mesmo longe podemos contar sempre uns com os outros...

Everytime I'm down, you can make it right, and that makes you larger than life!

- e esta, hein? :D

Selene disse...

Tu precisas é de uma boa bebedeira, pá! (que saudades que tinha de dizer isto...)

Sei bem como te sentes. Apesar de já ter voltado ao "mundo real" há mais de um ano, ainda não me consegui integrar bem nesta "nova" vida. Ainda não me sinto preparada para entrar no mundo dos adultos.

Mas tudo isto faz parte de crescer, acho eu. E por muito que desejemos, o tempo não volta atrás. O facto de agora seres a Margarida não implica que deixes de ser a Guida. Tens é que aprender a conciliar as duas personalidades. Vais ver que assim consegues ser a melhor Maguida possível =P Pessoas com a puta da mania e a quem não cabe um feijão no cu, há em todo o lado. Mas com muita força de vontade e muita estupidez tudo se consegue. E se algumas vez fores abaixo, pensa que mais logo vais ali ao bar beber uma tequilla conosco ;)